top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Um planeta de poucas lideranças e muitos trapalhões












O fato sem politicagem 27/02/2022



Esse conflito entre Rússia e Ucrânia veio no mínimo nos mostrar a carência que há, no nosso planeta, de grandes líderes, principalmente na administração pública, independente de ideologias ou ramificações partidárias. A ausência de atitudes mais robustas por parte dos membros da OTAN e dos EUA surgiu uma necessidade premente no meio político.


Muita coisa foi dita até agora e pouca ação praticada pelos americanos e os aliados europeus da OTAN, nada mais distante de um apoio real a quem busca socorro imediato que pretensões de apoio provável em necessidades futuras, foi mais ou menos isso que ficou claro para a Ucrânia, que luta desesperadamente no fogo cruzado dos soldados russos.


O ataque russo além de covarde é criminoso, trata-se de uma ofensiva contra uma nação militarmente inferior aos agressores, além da evidente superioridade em equipamentos bélicos que comparados a outro país, apenas os EUA podem se nivelar com a Rússia, os dois juntos podem destruir a humanidade treze vezes mais dos humanos existentes.


A supremacia russa é tão notória que a própria população civil daquele país faz movimentos populares contra essa guerra insana e descomunal. Quando eu falo que nos falta, literalmente, liderança para administrar a política mundial, refiro-me ao comportamento quase que inerte, numa posição de indiferença, aceitando que um único país se sinta capaz de impor vontades e desejos esquizofrênicos.


Essa acachapante e descabida posição unilateral do governante Vladimir Putin é uma prova incontestável da nossa fraqueza enquanto ocidentais e americanos, não adianta afirmar que as decisões tomadas até agora têm surtido efeito negativo na economia russa, com a subida dos juros de 9.5 para 20%, é muito pouco para quem se sente o indominável.


Se faz necessário que as medidas contra os russos se façam com efeito imediato, o resto do mundo sofre tanto quanto os países diretamente comprometidos com o conflito, aqui no Brasil já estamos sentindo efeitos desse desplante, nossos juros já se ressentem dessa fase e nosso agronegócio, sustentáculo da nossa economia começa a ser afetada.


Como a Rússia fornece boa parte dos insumos para fabricação dos fertilizantes e agrotóxicos os custos da guerra já começaram a serem sentidos aqui no Brasil, ademais, juros altos, importações começam a serem ameaçadas pelo elevado preço do dólar, além disso, a China começa a trabalhar a possibilidade de aumentar suas importações de commodities com a Rússia.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista



7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page