top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Os gargalos que temos enfrentado com os novos tempos








Novo governo velhas práticas 25/09/2023




A conjuntura mundial, sempre foi perversa com o ser humano, desde sempre, porém há uma clara evidência que os novos tempos, impostos pela pandemia do Coronavírus tem nos cobrado um preço muito alto para que tenhamos uma vida minimamente equilibrada, sem os atropelos ocasionados por fatores de várias espécies, tanto por parte dos desequilíbrios da natureza como a insensatez do ser humano, que para viver melhor tem a tendência de não respeitar seus próprios limites.


Por uma questão de Poder e querer mostrar seu potencial bélico a Ucrânia continua sendo invadida pela Rússia, em prova inconteste da imbecilidade do ser humano, para os russos não importa o quando outros países sofram com aquele ato impensado, pois esse fato gera dificuldades no modal marítimo para a logística na entrega de alimentos, como é sabido, tanto a Rússia quanto a Ucrânia são produtoras de grãos e outros víveres diversificados de relevância para segurança alimentar de muita gente.


A América do Sul com domínio socialista tem provocado a migração dessa gente tão sofrida como os nossos irmãos de dificuldades, para fugir da miséria provocada pelo desemprego e a péssima administração de suas nações, o homem é obrigado fugir de suas terras indo em busca de alguma possibilidade de sobrevivência em outros lugares, outros países tem aceitado essa gente como o Brasil e o próprio México que tem sido uma rota de fuga, principalmente, dos venezuelanos.

As autoridades mundiais procuram impedir o fluxo migratório quando na verdade teriam de discutir as causas fundamentais dessa onda migratória, sabemos que essa gente que fogem em busca de guarida, fazem isso, com toda sua família, incluindo mulheres e filhos, por extrema necessidade e a pobreza aguçada pela falta de recursos em suas terras, passando humilhação e privações, quando muitas vezes são barrados e enviados de volta aos seus países de origem.


Aos que ficam em seus países, como nós brasileiros, sofremos com o nosso momento de penúria, social e política. Como há um desmantelo total dos Poderes constituídos, cada Poder tentar impor sua autoridade na tentativa de sobrepor os demais Poderes, assim temos uma anarquia instalada na Praça dos Três Poderes, leva vantagem quem tem a caneta com mais tinta, é o caso do Judiciário que vem praticando nas entrelinhas a ditadura do Judiciário, com ênfase do STF.


Na tentativa de barrar o assoreamento do Judiciário, com os entulhos provocados pela intromissão do próprio Judiciário junto ao Executivo e Legislativo, o Congresso Nacional, tenta montar um muro de arrimo na tentativa de anular as ações provocadas pela criação de projetos do Judiciário, numa verdadeira troca de papéis, constituindo frentes parlamentares, é o caso do Agronegócio, bancada evangélica e da bala. Com essa iniciativa espera-se que o Congresso venha impor sua autoridade de legislador.


Enquanto isso, o povo sem apoio de qualquer natureza é penalizado pela empáfia do Executivo, que no embalo das suas viagens de sonhos e fantasias, ao exterior, larga a administração do Brasil com alguns auxiliares diretos, e um vice-presidente inoperante (vaquinha de presépio) como se ficasse à espreita esperando que algo aconteça para que o tempo e as coisas mudem, só se for para pior, pois a situação degringolada em que nos encontramos a tendência é termos um apagão geral. Isso é um fato estarrecedor.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista










































































28 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page