top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

O Eivado e Pretenso Partido dos Trabalhadores

O fato sem politicagem 15/01/2022




O eivado e pretenso PT esquece sua vida pregressa e se sente o supra suma da honestidade em sua caminhada rumo as próximas eleições, o mais horripilante é que seu ídolo maior, o ex-presidente e ex-presidiário continua a pregar sua conduta moral e cívica e seus seguidores assim o tratam como verdadeiro inocente.



A grande mídia embarca no veleiro dos airosos companheiros da insolência e fica soltando enquetes, se são falsas ou verdadeiros não posso afirmar, com números assustadores, dando resultados com o Luiz Inácio Lula da Silva em posição de primeiríssimo lugar, se aproximando dos 50% dos votos dos eleitores.



Seguindo essa lógica e na avaliação da imprensa, Bolsonaro não passa de 23% da intenção de votos, ficando o terceiro lugar reservado ao ex-juiz Sergio Moro, 9%, seguido de perto por Ciro Gomes, o eterno candidato, 5%; os demais candidatos ficam com números que não representam qualquer possibilidade de vitória.



O próprio governador de São Paulo, João Doria, encontra-se nesse saco de gatos correndo atrás do queijo, para nós que moramos no Estado de São Paulo, torcemos para que ele continue esperançoso abrindo espaço para a vitória do ministro da Infraestrutura Tarciso de Freitas e sua capacidade gerencial.



Mesmo sendo o Tarciso ministro do governo Bolsonaro, ele não foi contaminado pela inércia do presidente, considerando os demais candidatos ao governo de São Paulo, o ministro é o que resume melhores condições, no momento, para assumir o cargo em disputa, desde que ele de fato se dispunha a disputar o cargo de governador.


Voltando ao plano nacional e considerando os números apresentados até agora pela mídia, estamos numa situação no mínimo curiosa; para Lula não ser novamente eleito presidente do Brasil é preciso que a Direita e seus puxadinhos fiquem alinhados e se a única solução for o Bolsonaro, certamente, muitos vão voltar a votar nele, novamente, por exclusão.


O marqueteiro do PT tem trabalhado bem a campanha do seu cliente, excluindo dos textos tudo aquilo que possa lembrar a desgraço do partido dos trabalhadores, como mensalão, petrolão, e ou qualquer outra narrativa que venha expor o seu candidato, até mesmo o desastre que foi o governo Dilma, ele foi definitivamente esquecido e enterrado.


É bom alertar as pessoas que acham que o brasileiro é uma besta quadrada, que o brasileiro tem memória e vergonha na cara, não acredito que a maioria dos eleitores vão fazer de conta que Lula e sua confraria tenham mudado, perdendo o gosto pelo alheio se transformando em um convento de Franciscanos, da ordem das mais penadas almas injustiçadas.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page