top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Discursos de razias solapam a capacidade de entendimento









O fato sem politicagem 19/10/2022



Um consórcio de empresas de comunicação, encabeçada pela BAND, fez o embate dos dois presidenciáveis, Bolsonaro e Lula, cuja intenção básica era justamente tentar clarear a capacidade de distinção entre os dois candidatos ao cargo máximo da República partindo da primícia o fato que até o momento não há nenhum projeto político em pauta, levado ao eleitor brasileiro por ambos os candidatos, exceto suas ideologias superadas.



Ledo engano, nada detém a obsessão dos dois proponentes, tanto o Bolsonaro assim como Lula, cada qual embasado em seus respectivos fundamentos não abrem mão do Poder, para atingir seus objetivos os meios são ignorados, colocam em risco até mesmo o futuro de um povo já tão explorados, politicamente, seus séquitos terminam por não entenderam o que

efetivamente está sendo jogado nesse tabuleiro de enganações.



É muito triste perceber a ira dos candidatos quando esses são provocados, buscando se desvencilharem de suas pechas lhes imputadas pelo próprio meio político e em decorrência de suas práticas enquanto no exercício de suas atividades. Chegamos ao ponto, mesmo não tenha qualquer simpatia por algum deles, nos vemos obrigados a votar por eliminação, colocando como forma de opção a ideia do menos ruim e a exclusão da possiblidade do comunismo.



Para quem efetivamente sempre trabalhou por uma República Democrática, estabelecida sob a égide do capitalismo voltado para o desenvolvimento humano, sem renunciar do social civilizatório, com a participação da união do trabalho e o próprio Capital, jamais vai entender um país administrado por pessoas com conceitos sindicais com favorecimentos aos seus líderes, enquanto seus membros têm o dever de manter a estrutura para o lucro dos seus líderes.



Se deixarmos que retorne ao centro do Poder brasileiro, certamente, teremos perdido a oportunidade de afastarmos, pelo menos por mais uma temporada, da turma do falso Socialismo Democrático, de puro Comunismo, agora com viés chinês, modelo idêntico do que vem sendo imposto no nosso Continente. Espero que nos transformemos em um forte de resistência aos inimigos que nos quer pela nossa riqueza natural, existente em nossas reservas. Isso é um fato.






Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista













4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page