top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Ucrânia, uma invasão desnecessária e sem motivos










O fato sem politicagem 23/02/2022



O Reino Unido deu origem e John Frankenheimer dirigiu e o filme The Fixer (O Homem de Kiev) foi lançado em 31/12/1969. Esse foi um drama vivido nas telas cinematográficas sobre a vida real de um judeu e camponês russo, ele fora acusado de assassinar um garoto, período czarista, ano de 1911. O réu se declara inocente, um advogado surge na trama para defendê-lo, o desenrolar todos sabem.


26 de abril de 1986, acidente nuclear na usina de Chernobyl, Ucrânia, poucos mortos, considerando o grau de gravidade do acidente, mas de uma repercussão mundial e de traumas inimagináveis. Sua região só poderá ser habitada novamente em 24.000 anos, mesmo com solo contaminada há a presença de animais naquela área.


23 de fevereiro de 2022, novo milênio e novo século, o homem já experimentou duas grandes guerras mundiais por um período de 50 anos, os motivos sempre foram os mesmos: prepotência, ganância, usurpação, a luta pelo Poder, a falta de caráter, o excesso de amor pela coisa alheira e a devoção pelas coisas materiais são responsáveis pela falência humana.


O planeta já passou por várias transformações na sua geopolítica, muitos impérios ruíram, foram derrubados, desapareceram com suas lendas e mitos, depois de uma pandemia sanitária com milhares de mortos sobre a terra estamos convivendo com uma situação, no mínimo apavorante, um ditador, chamado Vladimir Putin, mostra seu lado bestial.


Depois de negar, peremptoriamente, que não invadiria o país soberano da Ucrânia, desembarcou ali milhares de soldados, jogou toneladas de explosivos sobre cidades indefesas e vem atacando por onde as águas do mar permite, uma verdadeira covardia de quem tem potencial armamentista e financeiro contra um pequeno país desditoso.


O mundo Ocidental inicialmente fez barulho e vem prometendo impor sansões contra os russos, sem, entretanto, demonstrar nada de mais objetivo, facilitando, de certa força, a ousadia de Putin, que vem tripudiando sobre os ocidentais e do próprio EUA, membro juntamente com mais 29 países Europeus, da OTAN.


Tudo bem que a Ucrânia não faz parte da OTAN, mas é um país que merece todo apoio de outros países que querem a paz mundial, se deixarmos que os russos tomem aquele país, mesmo sabendo que ele já fez parte do império russo, em outros tempos, certamente, eles, os russos, vão tentar recuperar outras faixas de terra para ampliar suas fronteiras.


Não vamos discutir ideologias, apenas tentar impor uma política internacional, com respeito ao Estado de Direito, é preciso que o mundo siga uma ordem e que os direitos sejam preservados e respeitados, indiferente que seja Democracia, Comunismo, Socialismo, ou qualquer coisa que o valha, respeito significa ordem, isso é basilar numa relação.


Infelizmente o governo brasileiro tem se comportado com quem indiferente ao caos atual, não querendo tomar posição, essa história de equilíbrio é para quem não tem noção do que faz, ou você é contra ou a favor de uma situação, quem quer agradar a dois reis termina desagradando a todos, esse é o verdadeiro desequilíbrio.





Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista



8 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page