top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Tarciso de Freitas sendo cooptado pelo governo Lula será uma tragédia













Novo governo velhas práticas 09/09/2023




Vamos devagar com o andor que o santo é de barro, assim se dizia antigamente quando a situação não era bem aquilo que se apresentava, caso o governador de São Paulo, Tarciso de Freitas pensa ser uma catarse saindo do guarda-chuvas do ex-presidente Jair Bolsonaro, se alojando no mesmo espaço político do Lulopetismo, francamente, é uma grande ironia e uma tragédia política, anunciada, para o próprio Tarciso.


O Tarciso tem que entender que ele é um neófito político, estreou na política pelas mãos do Jair Bolsonaro, caso ele passe a apoiar o atual governo, por conta de algumas vantagens já oferecidas ao seu Partido político, fica claro que o senhor governador passar a ser uma pessoa sem o mínimo caráter para se apresentar aos seus eleitores, particularmente retiro todos os elogios que fiz pela sua trajetória política apresentada até agora.


Ademais, não que o Jair Bolsonaro seja a pessoa certa para uma aliança política, entretanto a troca dele pelo Lula da Silva, é simplesmente irrisório, nada além de uma busca de melhor guarida, o que efetivamente não vejo vantagens, os dois personagens, Bolsonaro e Lula, sofrem do mesmo mal, muito embora antagônicos tratam seus correligionários com a mesma frieza e indiferença quando a situação exige quando um aliado precisa ser descartado.


Além do mais, uma ruptura política nessa altura das conveniências fica moralmente difícil para o nosso governador se explicar, na atual conjuntura, quando ele mesmo, o Tarciso, sabe perfeitamente, não fora o apoio moral e político do Bolsonaro, ele não teria sido eleito governador do Estado mais rico da federação, passaria uma imagem de ingratidão além de oportunismo, ficando ao lado de quem está com a caneta à mão.


Confesso que a participação do Progressistas e Republicanos, no governo do PT, será um verdadeiro fiasco, pois pode significar uma adesão parcial, já há anúncios que vários congressistas dos dois Partidos não seguirão seus líderes, ficando, portanto, prejudicado qualquer sentido de apoio coletivo dessas siglas nada democráticas, isso é algo já percebido entre os aliados atuas do governo Lulopetista, não garantindo governabilidade ao Lula da Silva.


Outra situação anacrônica, sabendo que Mauro Cid é um militar de carreira, caso ele venha fazer a delação premiada, já foi até aceita Pelo ministro Alexandre de Morais (STF) suspendendo sua prisão e colocando uma tornozeleira em sua perna, um adereço nada confortável para quem trabalha por uma vida digna e de bons costumes, sendo o Mauro Cid um ex-homem de extrema confiança do ex-presidente Jair Bolsonaro e venha trair essa confiança nele depositada.


É preciso entender agora se delação premiada vale, pois até então, só era válida se acompanhada de outros ingredientes, isoladamente pode virar uma situação anômala à Lava Jato, esperamos que não seja um caso de dois pesos e duas medidas, afinal há assuntos correlatos e juízes iguais, até os mesmos, dentro do próprio STF, dessa forma, vamos esperar se realmente vai haver jactância por parte do Supremo. Esperar não é só saber, mas justificar.





Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista










































































10 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page