top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Sem humildade e espírito de renúncia não há paz sustentável















O fato sem politicagem 25/02/2022



A União Soviética (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas – URSS) foi formada em 1922, portanto, há 100 anos e após a Guerra Civil Russa, essa nação permaneceu ativa até 1991. A formação da URSS nasceu da consolidação dos bolcheviques implantado sobre o domínio do então império russo, formada por 15 nações que conquistaram sua independência.


As 15 nações independentes ficaram conhecidas como Comunidades dos Estados Independentes (CEI) foi a primeira nação socialista da história, ficando a URSS como símbolo dessa ideologia, ocupando posição de destaque durante a Guerra Fria (1947/1991). Praticamente quem desfez a URSS foi a corrupção do seu próprio governo.


Os países que faziam parte do CEI: Rússia, Ucrânia, Belarus, Estônia, Letônia, Lituânia, Armênia, Geórgia, Moldávia, Azerbaijão, Cazaquistão, Tadjiquistão, Quirguistão, Turcomenistão e Uzbequistão. A grande nação comunista sempre foi a Rússia, soube aproveitar o legado soviético e sua extensa área física com seus recursos naturais, comanditeis.


Na segunda guerra mundial (1939/1945) mesmo com o acordo com a Alemanha de não invasão os nazistas invadiram o território soviético e dizimaram com, aproximadamente, 20 milhões de pessoas, foi em Leningrado que ocorreu a maior desgraça praticada pelos nazistas, cercaram a cidade deixando que os soviéticos morressem de fome.


Dizem que a vitória soviética veio pela força do maior general soviético, o inverno, de tão mortal ajudou os soldados locais a empurrar os nazistas até a Capital alemã. Por onde passaram eles foram propagando e implantando o regime socialista, foi uma vitória dobrada, pois além de ajudar a ganhar à guerra, passaram a dividir o planeta com os americanos em tecnologia.


Dos sete governantes que a União Soviética teve, importantes para os soviéticos, exceto Vladimir Lenin (1917/1924) Josef Stalin (1924/1953) foi o Nikita Kruschev (1953/1964) que foi considerado um apaziguador, protagonizando com o americano J.F. Gerard Kennedy (1961/1963) um período de quase paz mundial para as duas nações.


A Rússia de hoje é uma nação que tem um governante, Vladimir Putin (2000/até hoje) considerado um expansionista, independente de ideologia é uma pessoa com ideais autoritários e personalista, além de ditador na sua essência, tem demonstrado sua capacidade de domínio, com pretensões de retomar ao domínio russo os países que pertenceram ao URSS.


Infelizmente os ideais do mandatário russo pode, efetivamente, nos levar até a um conflito mundial, por sua arrogância e pretensões, não medindo qualquer esforço maior para atingir seus objetivos, tendo na outra ponta a OTAN e os EUA, que para desencadear um confronto internacional basta uma palavra mal colocada ou um tiro errado.


É nesse momento que precisamos de conciliadores e diplomatas eméritos para evitarmos derramamento de sangue mais significativo, na tentativa de trazer a paz ao território da Ucrânia e seu entorno, para tanto, se faz necessário uma elevada dose de humildade e renúncia material, coisas que me parece distante daquela área em litígio.





Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista



4 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page