top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Súplica de uma nação agonizante








O fato sem politicagem 23/03/2022



Súplica de uma saudade é um belo filme de 1955 e narra à história de um jornalista americano Mark Elliott, correspondente de guerra em Hong Kong. Tudo apontava para o final da guerra civil, quando ele se envolve com uma bonita e cativante médica , viúva de um general nacionalista, dessa forma eles passam a enfrentar a pressão da conservadora sociedade chinesa. O resumo dessa linda história é o oposto da situação real no Oeste Europeu com a população da Ucrânia.


Hoje realmente é um dia “D” (determinante) para a política de apoio da OTAN, grupo da União Europeia, o G7 e o próprio EUA, com o desembarque de Joe Biden, presidente americano, na Bélgica, esses aliados farão reuniões quando serão debatidas as fórmulas de como ajudar o país invadido covardemente pelos russos, amanhã fará 01 mês de conflito com verdadeira chacina humana, sem respeitar os limites que a guerra impõe, assassinato de civis, dentre eles crianças.


É preciso que esses grupos que se opõem ao comportamento russo procurem agir de forma emergencial, evitando uma catástrofe ainda maior, a atitude do presidente russo, Vladimir Putin, ficou evidenciado que ele não se limitará ao território da Ucrânia, os demais territórios que fizeram parte da União Soviética vão ter que se preocupar, depois do final dessa invasão, na Ucrânia, certamente Putin seguirá na sua marcha em direção ao seu objetivo que é o ressurgimento da antiga União Soviética.


O que vem ocorrendo no território da Ucrânia é um verdadeiro escárnio, menosprezo total por aquele povo que tem 10 milhões de desalojados, sendo 6.5 de pessoas dentro do seu território e 3.5 evadidos para outros países, à maioria recolhidas pela Polônia. As imagens que nos chegam, quase que imediatas, nos mostra, vergonhosamente, a falta de respeito com as crianças, idoso e mulheres indefesas e desarmadas, só falta aplicar o escafismo, prática antiga e dolorosa.


Não podemos duvidar da capacidade de um homem acuado, o receio é que esse marginal, travestido de presidente de uma nação de grande potencial bélico se sinta ameaçado, vendo seu plano desabar e parta para a guerra nuclear, provocando uma tragédia humana de sem previsão de resultado final, particularmente, acredito em uma possibilidade desse nível, falta de equilíbrio e vontade de matar ele tem, o estoque de armas e munições é o que não lhe falta, efetivamente.


Não se trata de um texto alarmista, apenas estou verbalizando um sentimento pessoal baseado na continuidade dos recentes fatos que temos acompanhado nesses últimos dias e as consequências fatalistas que estão ocorrendo. Ademais, caso não se coloque um redutor nas ações desse louco em fúria, definitivamente, teremos o planeta, correndo em círculo em busca de alimentos.


A escassez de víveres já é sentida em grande parte dos mercados que nos servem, além do alarme dado em função da dificuldade de suprimento dos fertilizantes sob o domínio de fabrico lotado naquela região de conflitos, principalmente os insumos para fabricação em outros países, inclusive o Brasil, e a possibilidade de controle dos combustíveis fósseis, também gerados por lá, parcialmente, já sentimos o reflexo de provável escassez nos nossos bolsos, pelo aumento de preços.


Essa barafunda provocada pela Rússia, lá no Oeste Europeu, vem acarretando consequências negativas em todos os Continentes estão todos afetados, não vai adiantar apenas orar, tem que ajudar aos santos de devoção, fazendo nossa parte que é controlar nossas vontades e excessos, tem que lembrar diuturnamente que, queiramos ou não, é o princípio do regime de guerra, há a necessidade premente do nosso voluntarismo.
















Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista



4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page