top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Quem não tem cachorro caça com o gato (Ditado popular)






Novo governo velhas práticas 13/10/2023




Como todo provérbio, a frase não tem muita profundidade, mas contém uma explicação bem próxima da realidade vivida pelos mais pobres, cujo espírito é exatamente fornecer alternativas viáveis para problemas muitas vezes tidos como impossíveis e de soluções fáceis. É o caso do título desse texto, que nos leva a muitas variantes e praticidade, nem sempre o prático e a solução ideal, muitas delas, por não ter profundida, em termos de linguagem não traduzem a finalidade implícita.


Em outras situações, com pensamentos de pensadores e atuações de praticantes eméritos a reparação não sai como almejado e o final torna-se duvidoso. Temos visto até de forma constante, as dificuldades encontradas quando fazemos escolhas e elas não nos oferece o resultado desejado, o pior é manter a mesma forma querendo que com o tempo o problema seja resolvido, o difícil também é o elemento se considerar mais inteligente que a maioria se justificando que ela, a maioria é burra.


Estamos em uma encruzilhada, cujas placas de sinalizações foram derrubadas, por quem, obrigatoriamente terá que ir em uma única direção, nesse caso ele virou uma vítima do seu próprio vandalismo, ao tentar enganar seu inimigo, o castigo “veio a cavalo”. Temos vários exemplos que se coadunam nesse contexto, objetivamente, se tratando, com perdão das palavras, vindo do atual Governo Federal e suas patranhas.


O governo atual ganhou as últimas eleições com a narrativa que “o Brasil voltou”, essa é uma verdade, o Brasil realmente voltou para o atraso, as atrocidades, a insegurança generalizada, retrocedemos, em várias situações, a um século, caso específico dos privilégios dados as montadoras que sugam o governo dos Estados e o próprio governo federal desde a década de 1920. Chega em nossas terras, exatamente na Bahia, negocia a antiga fábrica da Ford, em Camaçari, ali lança sua tarrafa para pescas audaciosas.

Há promessas de investimentos de R$ 3 bilhões, para produção de 3três modelos de sua marca a BYD, vem atualizado, abafando, dois modelos elétricos e um híbrido, mais caminhões e ônibus, além de processamento de lítio, transformando a localidade no “Vale do Silício brasileiro”. O lançamento da pedra fundamental foi muito concorrido, com a presença do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, o governador do Estado, Jerônimo Rodrigues, outras autoridades presentes.


A promessa era de 5 mil empregos diretos e indiretos, o milagre aconteceu anteriormente, foi dado a concessão de benefícios fiscais. A empresa chinesa, para variar conta ainda com o enquadramento no programa especial de incentivos, direcionado para montadoras que se instale no Nordeste. Para melhorar o governador baiano já enviou à Assembleia Legislativa, lei para isentar o IPVA de veículos elétricos com valor até R$ 300 mil. Esse é um verdadeiro acinte ao povo pobre brasileiro e o empresário brasileiro.


Na década de 1960 um empresário sonhador e honesto, Nelson Fernandes, chegou a fabricar 3 unidades do carro Democrata, pela empresa IBAP – Indústria Brasileira de Automóveis Presidente, carroceria em fibra de vidro, sedã duas portas, a indústria não vingou por absoluta falta de incentivo governamental e capital de giro. Tive o prazer de negociar com o Empresário, pois ele foi presidente do Hospital Presidente, em São Paulo, Capital, enquanto eu era executivo de vendas em uma multinacional. Nelson Fernandes faleceu em 2020.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista










































































4 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page