top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Outubro tem suas efemérides que vai de mamando a caducando












Novo governo velhas práticas 05/10/2023




O mês de outubro chega a ser intrigante, é nele que comemoramos algumas datas que mexem com o nosso emocional, três delas principalmente abrange todo espaço de vida e além dela. Vai de mamando a caducando a sua magia espiritual, no primeiro dia do mês temos a dia do idoso, revestido de muita importância sem o devido cuidado das autoridades, no dia 12 temos duas comemorações, dia da criança e o dia que os devotos comemoram Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.


Estamos comemorando 20 anos do Estatuto da Pessoa idosa. Essa data não é muito divulgada talvez por ela não despertar muita longevidade nos seus homenageados, pois quem chega a esse número de anos, para muitos parece mais um pesadelo, seria a fase para descansar o corpo cansado de tanta labuta e tanto suor derramado para fazer jus a uma aposentadoria, na maioria das vezes, miserável, quando não uma recompensa do Estado quando atinge os 65 anos, um adjutório para ajudá-lo a sobreviver.


O idoso merecia muito mais que uma ajuda no final da sua vida, ele, de alguma forma ajudou a construir o nosso país, deu a sua parcela de contribuição, em muitas situações seu INSS não fora recolhido, ficando à margem da sociedade, vindo a ser acolhido aos 65 anos, por deferência do Estado. Muitos benefícios que ele tem direito não são difundidos, muitas vezes morando solitariamente não tendo a quem pedir orientação passe muitos sacrifícios por pura ignorância ou alguém para orientá-lo.


Esse idoso, mormente aqueles que não tiveram a sorte de constituir família, ou se constituiu, ela foi desfeita ao longo da estrada, passando a ser amparado até mesmo em abrigos para idosos, como quem isolado do convívio social, muitos até tem família, porém os parentes fazem questão de mantê-los longe, a ideia que se tem é que o idoso é um entravo dentro de uma casa, e quantas vezes ele foi o esteio que os parentes precisavam e ele foi o pilar de sustentação de uma família vitoriosa.

Dia 12 de outubro a fase inicial da vida é lembrada nas crianças que são homenageadas pela sua inocência, seu frescor em termos de vida, suas chances de possibilidades que ele oferece, ele também tem seu Estatuto, assim como o idoso, tudo começou em 1924, decreto nº 4.867, de 05 de novembro, proposta do então deputado federal Galdino do valle filho, governo de Arthur Bernardes, sendo constituído o dia da criança, dia 12 de outubro em homenagem ao descobrimento da América em 1942, por Cristóvão Colombo.


O dia 12 de outubro o Brasil comemora, também, sua padroeira, Maria, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, considerada Rainha do Brasil, amor incondicional da Mãe negra, em 16 de julho de 1930 o papa eleva a nossa santa, em 12 de outubro de 1980, em homenagem a consagração do Santuário de Aparecida, o Papa João Paulo ll, assim proclamou. A Igreja Católica foi responsável pela participação do descobrimento do Brasil, educação dos nossos antepassados, incluindo-se aí a nossa religiosidade.


Em 05 de outubro de 1988 mais uma data que ficará marcada, pela promulgação da “Constituição Cidadã”, a mais longeva em termos de perenidade, muito embora hoje esteja sendo enxovalhada, por quem deveria zelar pela sua grandeza, rasgando-a a todo tempo, refiro-me ao STF, a maior instância do nosso Judiciário, os demais Poderes ajudam a maltratá-la, até de forma acintosa, verdadeira falta de harmonia entre os Poderes e falta, absoluta, de respeito com nossa Carta Magna.





Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista










































































6 visualizações0 comentário

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page