top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Os famélicos pelo Poder também choram














O fato sem politicagem 13/12/2022



Que fase! Depois do retorno da esquerda ao comando político do Brasil, com uma agora oposição ao futuro governo, verificamos alguns brasileiros mais crédulos em busca de um contemporizador para compensar sua dor e perda desastrosa, o maior acinte é perceber que os eternos vilipendiadores dos valores da nação, dentre os quais o erário, tal qual crocodilos, também choram, o choro fácil faz parte da personalidade do mais torpe ser.



Estamos em uma sequência de desditas para nossa pátria, depois da vitória do esquerdista tosco, Lula da Silva, para presidente da República, o anúncio dos seus favoritos ministeriáveis é de fazer brasileiro chorar em alemão pelo simples fato que os mais propensos a assentirem o primeiro escalão são os mesmos de sempre, cuja imagem, na sua maioria, já fizeram parte das páginas policiais, exatamente, por práticas nada recomendáveis em um país Republicano.



Estamos sendo bombardeados por situações constrangedoras, cujos principais protagonistas são a classe política atual, nem mesmo a posse do novo presidente não se deu e já temos um rosário de senhores e senhoras em busca do guarda-chuva futuro, se embrenhando na seara do Lulopetismo, saltando do barco quase à deriva, cujo capitão fez um voto de silêncio para não ser incomodado na sua clausura, no momento em que muitos esperavam uma palavra de consolação.



Piorando o que já estava péssimo, o discurso da diplomação do presidente eleito, Lula da Silva, foi minimamente redundante, afirmativas das certezas que já imagináveis, com o uso do social para convencer a população como um todo, em um ambiente do Judiciário completamente politizado, imperando o puxa-saquismo desvairado, com a esquerda em estado de êxtase, os 300 picaretas que o Lula encontrou no congresso agora a fila aumentou.



O mais curioso e fora de propósito foi o discurso do presidente do TSE, Alexandre de Morais, anunciando aos quatro cantos do mundo que sua sanha vai piorar, indo castigar todo e qualquer manifestante que se atreva a tocar na Constituição, colocando-se como um dos objetos que faz parte da própria Carta Magma, dessa forma, ele como os demais, são intocáveis, um espanto para quem sempre acreditou que Juiz do STF é o guardião da Constituição, e não seu corpo.


Para contaminar até o ar que respiramos, o Lula da Silva justificou que o seu preferido para o Ministério da Fazenda, Fernando Haddad, não precisa se preocupar com a economia, pois ele, o presidente, fará acompanhamento pari passu, se ele foi eleito pelo povo a responsabilidade da economia brasileira será dele. Ainda bem que ele foi claro na sua colocação, o mercado estava nervoso, pois não sabia desse fato relevante para o Brasil. Isso é um fato desastroso para o Brasil no futuro.





Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista













2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page