top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

O tempo tem nos mostrado o quanto ainda somos incompetentes






O fato sem politicagem 19/06/2022



Nesse mês junino no Brasil a nossa gente procura sair da rotina dos seus afazeres e dentro do possível se lança aos festejos de comemoração aos santos, tidos como festeiros, com Santo Antônio, São João e São Pedro reunidos em uma fé motivadora e de alcance popular renovado a cada ano mais efusiva, neste ano, 2022, principalmente, depois de dois anos de intervalos, resultado da pandemia do Coronavírus que tanto nos enlutou nos dois anos anteriores.


De braços abertos para os festejos e muita comida típica para degustação, nem mesmo assim, nos esquecemos dos nossos compromissos assumidos com as dificuldades impostas nos últimos dias, decorridos, além da pandemia, já mencionada, o confronto entre Rússia e Ucrânia, transtornando o planeta terra pelas dificuldades surgidas tanto na área energética, gás e petróleo e o fornecimento de alimentos e fertilizantes oriundos daquela região forte em fornecimentos.


Como o mundo político administrativo não pode parar, eleições que sempre foi marco de expressão máxima da Democracia e a participação do povo nos destinos das Nações Democráticas, nos últimos tempos os resultados vêm sendo frustrantes para os mais abnegados Democratas. A Democracia tem sido vítima dos péssimos administradores, por toda parte do planeta, transformando grandes Democracias da Direita em pequeninos mundos da Esquerda desvairada.


Citei em artigo anterior o quanto estamos sendo incompetentes quando tratamos de Democracia, ressaltando o quanto perdemos de seguidores, ao ponto de fazermos um apelo, aos mais incisivos Democratas, não desistam de lutar pela liberdade dos homens, com o respaldo da Direita emblemática para os direitos humanos, temos que nos cuidar, a crise da Democracia na América Latina é real, depois da vitória do ex-guerrilheiro, Esquerdista, Gustavo Petro, na Colômbia, temos que ficar espertos.


Aqui no Brasil, último dos países Sul Americanos, da Direita, muito embora o maior representante da Esquerda, para as próximas eleições, ser um velho conhecido das páginas policiais, ter uma vida pregressa dentro da política voltada para a traquinagem administrativa, mormente no período que comandou a política nacional, deu demonstrações que continua sendo um corrupto e corruptor contumaz, com promessas de vir pior do que fora caso volte ao protagonismo nacional.


Luiz Inácio Lula da Silva, esse é o nome da besta, voltado para o Poder e a fama, tudo fez e fará em nome do protagonismo político, nas entrelinhas, quando não claramente, avisa ao narcotráfico que tudo será como antes, até mesmo aos sequestradores já enviou sua mensagem de pragmatismo exacerbado, tentando mostrar que é um dos aliados ao crime organizado no nosso país, essa dúvida não existia, principalmente pela existência do mensalão e petrolão, páginas do crime em seus governos.


Com todas as informações criminosas que o país tem desse grupo, denominado de Lulopetismo, é importante que fiquemos atentos, o velho Lula tem velhos conhecidos no Judiciário distorcido, que ele mesmo ajudou a montar na sua gestão, essas figuras poderosas do Judiciário mantêm uma relação muito estreita com o líder maior da esquerda brasileira e foro de São Paulo, em uma conjunção de valores nada dignificantes para o Estado Brasileiro.


Tenho deixado claro em muitos momentos da minha vida, procuro me manter neutro, porém para não colaborar com o retorno do Lulopetismo ao Poder, possivelmente, serei capaz de votar novamente no Bolsonaro para não ter mais esse desplante em nossas vidas; por enquanto, continuo aguardando uma possibilidade qualquer como opção, para não continuarmos na mesmice de sempre; enquanto isso, seguiremos amargurados e atormentados pela incerteza que nos invade.
















Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista









10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page