top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

O Governo Federal se enrosca nas suas lambanças e não avança









Novo governo velhas práticas 07/04/2023




O governo federal encontra resistência até mesmo dentro do seu partido, havendo, inclusive, sinalizações de troca de ministros que não se coadunam com o Lulopetismo raiz, ou mais radical, com bate cabeças dentro da própria diretoria atual do PT, ficando com a presidente da sigla, Gleisi Helena Hoffmann, a parte mais crítica da situação atual, pois já entramos nos primeiros 100 dias de governo Lula da Silva e não há nenhuma ação por parte do governo que possa ser elogiada.



O governo Lula da Silva não consegue projetar um ritmo dinâmico que possa ser visto como uma marcha em andamento, por enquanto estamos vendo ser boatado antigos projetos do próprio partido, enquanto governo, no decorrer de 16 anos, na maioria de aprovação duvidosa, quando não representaram cabides de empregos para os companheiros do Lula da Silva, ou subversão dos fatos para envie de dinheiro para partidos da Esquerda, tipo mais médicos de Cuba.



Claro que nós, por sermos críticos, demasiadamente, não poderíamos esperar algo diferente da realidade que se apresenta, a nossa decepção não é maior pela nossa capacidade de imaginar as possibilidades de execuções de determinados partidos políticos e seus políticos com alto grau de incoerência fica no meio das brigas entre os próprios apoiadores do atual governo, com envolvimento direto com as benesses oferecidas pelo próprio governo, pela governabilidade.



Essa situação de penúria, politicamente, por parte do Executivo, é recorrente desde 1988, tendo piorado durante todo governo Lulopetista e dilacerado toda e qualquer possibilidade de retroceder depois do governo Bolsonaro e o retorno, na sequência do Lula da Silva. Não podemos admitir que seja uma situação rotineira, pelo contrário ela é anômala para um país que ainda se diz democrata, cujo ritmo administrativo é no mínimo inquietante.



As últimas atitudes do presidente Lula da Silva, convenhamos, são atos para quem não vem prestando atenção da verdadeira realidade nacional. O Marco do Saneamento básico, tão bem encaminhado, caso seja, realmente, implantado essa nova sistemática, atende apenas demandas de empresas estatais com incapacidades técnicas e financeiras, ficando, ainda, proibitiva a entrada, nesse mercado, dos investidores privados, nesse momento que necessitamos tanto deles.


Caso o Legislativo não tome alguma iniciativa, em benefício do Brasil, parando com essa guerra interna, com medição de forças entre a Câmara dos Deputados, Arthur Lira e do Senado, Rodrigo Pacheco, a tendência é que a situação tome um rumo cujos prejuízos recairão sobre o povo mais humilde e o próprio país ficará engessado, sem nenhuma possibilidade de sair desse marasmo em que nos encontramos.



Infelizmente o nosso Governo Central, executivo, só tem olhos para o exterior, com sérios problemas de autoestima, tentando criar condições para ser o intermediário entre Rússia e Ucrânia, com endosso político da China, esse tipo de situação só pode ser criado por uma pessoa sem desconfiômetro e com sérios problemas existenciais. Sinceramente, com tantos problemas internos que nos aflige e o nosso presidente procurando pelo em ovo. Isso é um fato lamentável.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista
























































5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page