top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

O fechamento do Mar Negro pela Rússia é uma tragédia anunciada












Novo governo velhas práticas 23/07/2023



Além das queimas de grãos espalhados pelos portos da Ucrânia e o fechamento do Mar Negro é uma atitude no mínimo terrorista e desumana. A Rússia, assim como todos os Continentes, é sabedora da importância da Ucrânia no abastecimento de grãos para todo planeta, trata-se de um dos maiores exportadores de alimentos, suprindo a necessidade para aqueles países que não têm a produção deseja para seus habitantes.



Essa atitude não deixa de ser enviado alimentos para todos os Continentes, há uma previsão de ausência de circulação de 70 milhões de toneladas de alimentação que fará falta à mesa, principalmente dos países mais pobres e castigados pelas mazelas produzidas pela natureza, tanto por excesso de água, a falta dela e as queimadas provocadas por onda de calor, mormente nos países africanos e asiáticos.



Um dos últimos atos de desespero de Vladimir Putin foi a queima, no porto de Odessa, de 60 mil toneladas de trigo, significando a perda de 1,2 bilhão de unidades de pão francês. Além desse fato desagradável há outros precedentes como a matança, provocada por bombardeios sobre colégios e até mesmo hospitais, verdadeiro crime de guerra, não respeitando nem mesmo a população civil, dentre os abatidos crianças e idosos, verdadeiro descalabro humano.



O Aggiornamento de Gabriel Boric, jovem presidente do Chile, com todo seu estilo moderno, mesmo sendo socialista, desnuda toda a empáfia do presidente Lula da Silva, com sua conhecida obsolescência socialista, quase comunista, nos coloca em um mosaico reconvexo, mostrando por todos os ângulos quão somos infelizes, talvez, por um simples prazer de júbilo, depois de ser enganado por palavras ao vento nos deparamos com o tratado da inconfidência.






Trazendo o problema mais ao centro das questões sociais, o governador Tarciso de Freitas, depois de avaliar a transferência da Cracolândia, da rua dos Gusmões, área central de São Paulo, para as proximidades da rua José Paulino, Bom Retiro, verdadeiro centro comercial antigo e bem visitado por comerciantes do setor de vestuário popular, mais conhecidos por sacoleiros. Essa situação simplesmente transferia o problema de uma rua para outra.



A Cracolândia vem sendo deslocada de ruas, praças e avenidas, por três décadas, hoje não se trata de uma situação de solução apenas policial, com dispersões e correrias pelas ruas da cidade de São Paulo, há necessidade de apoio psicológico e psiquiátrico, jurídico, segurança pública, social e, fundamentalmente, medicinal e social. Não adianta fazer transferência para mais uma rua, essa comunidade de perdidos entre seus problemas, vai continuar na sua dispersão.



É chegado o momento de não continuar escondendo nossas feridas, nossos reais problemas, dando a mão aos mais sofridos e deslocados da sociedade, o viciado em drogas, qualquer que seja, é um desequilibrado mental e social, precisa do apoio de todos nós, inclusive da igreja, de qualquer denominação, quem passou no meio daquelas ruas tomadas por essas pessoas desvalidas sabe perfeitamente em que situação de penúria vive aquela gente.



Enquanto ficamos discutindo os hotéis frequentados pela dona Janja e seu marido, Lula da Silva, apontando os erros dos políticos de diversos graus e partidos políticos, do malabarismo destoante, dos Poderes emponderados, da saga do acertador da megasena, do novo modelo do carro elétrico. Devemos, sim, olhar mais de perto os problemas dos nossos filhos, vizinhos de casa ou de rua, do bairro, da cidade, do Estado e do País. Isso é um fato de pura humanidade.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista








































































5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page