top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

O brasileiro, apesar dos percalços, um povo solidário









Velhos vícios, trapos remendados                   09/05/2024

 


A tragédia que se abate sobre o Rio Grande do Sul vem demonstrar o quanto somos participativos e solidários, a sociedade civil, mesmo em crise, dar um exemplo de como é importante se importar com o próximo, deixando de lado toda e qualquer diferença que possa existir considerando apenas o principal que é o bem estar coletivo e a possibilidade de auxiliar no momento de crise e dificuldade.

 

Tudo bem que o drama do RS é algo inusitado, nunca aquele Estado passou por tamanha tragédia climática, o que temos visto é algo assustador, mais de 80% de suas cidades foram atingidas pelo volume de água, ficando grande parte delas submersas e outra parte simplesmente ilhada, com alto grau de comprometimento, em termos de logísticas, dificultando até mesmo para os resgates necessários.

 

A maioria dos Estados brasileiros e o Distrito Federal têm cooperado com os desalojados, com fornecimento de víveres, além de medicamentos, produtos de limpeza, além de vestimentas, como ainda água potável tão necessária nesse momento de crise hídrica, com o serviço de abastecimento estrangulado, faltando a água para qualquer atendimento humano em decorrência de contaminação.

 

A iniciativa privada vem ocupando o espaço do Poder público, que pelas suas características vem trabalhando de forma lenta, sem corresponder aos anseios populares, a burocracia tem comprometido por essa falha até grotesca, acompanhando a agilidade da iniciativa privada os bombeiros e militares que vêm fazendo um trabalho meritório nos resgates e apoio à população desorientada.

 

Quem tem merecido elogios rasgados são os funcionários da prefeitura de Porto Alegre, pelo seu empenho e trabalho de realinhamento dos munícipes, apesar do grau de dificuldade existente a população sente-se satisfeita com os modos operandi daqueles trabalhadores. É preciso que os governos Federal e Estadual fiquem atentos para as promessas feitas e até agora não cumpridas.





Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista

 

 

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page