top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

O aspecto lombrosiano na administração Lulopetista é ululante







Novo governo velhas práticas 15/07/2023



todos os caminhos nos levam à solércia, em se tratando de negociatas para a sustentação do atual governo tudo é válido, tudo pode, só não se pode se perder por entre as entranhas com visos de alguma derrota em primeiro plano. É preciso que haja verdadeira consistência nas ações dos seus membros, mesmo que os meios não tenham tanta candura como se exige na vida pregressa de quem labuta com a causa pública, mesmo que isso seja um precedente ignorado.



Quando eu vejo o presidente Lula da Silva, fazendo reserva pessoal de determinados ministérios, lembro, que durante essa semana, a ministra do Turismo, Daniela Carneiro, depois de tanto ser prestigiada, pelo presidente Lula, teve sua cabeça degolada depois de muita fritura e seu futuro negociado abrindo espaço para o Centrão, especificamente o UNIÃO, que cobiça maiores poderes dentro do governo para que o Lula da Silva, possa chama-lo de seu.



Temos a certeza que outros ministérios estão na mesma temperatura de fritura, caso iminente é o da Saúde, Nísia Trindade, quando verificamos o conforto dado pelos seus padrinhos políticos, nesse caso o próprio Lula da Silva, sua demissão vai ficando cada vez mais próxima, é uma característica natural nos governos que não têm a sustentabilidade adquirida pela sua moral, mas pelos artifícios da malandragem e da troca de valores, mais conhecida como subserviência.



À verdade é uma só, há um saco de gatos no entorno de um criatório de ratos chamado de Praça dos Três Poderes, nela os energúmenos, se apresentados como paladinos da Democracia, assaltaram aquele espaço Federal, procuram de toda forma se manterem ativos, em busca de mais espaço tocam seus projetos pessoais com se fossem o extrato retirado da mais sublimo flor do deserto provocado pelas suas próprias infidelidades políticas e cidadãos.



Os bilhões (R$) gastos com aprovações desses projetos em andamentos não significam o respeito que o Congresso tem para com o governo, simplesmente estamos envoltos em uma sistemática denominada de presidencialismo de coalizão, mais parecida como presidencialismo de colisão, tamanha é a infâmia praticada entre parte do Congresso Nacional, denominado de Centrão e o Executivo Nacional, um torturante desfecho para quem luta pela moralidade.



A pressa apresentada pelo atual governo em uma sociedade socialista é cruciante, o amor sentido pelo atual presidente da República, pelos seus camaradas e companheiros, das velha e novas ditaduras, denominadas de Democracia relativa, expressão do próprio Lula da Silva, não há parâmetros que se possa avaliar, principalmente nesse momento de extrema gravidade quando um ministro do STF, Luis Roberto Barroso, se declaro vencedor contra o Bolsonarismo.



Essas atitudes antipatriotas cometidas por alguém que deveria honrar seu cargo com ações valorosas, com reputação ilibada, com expressões apenas nos autos dos processos em andamentos dignificando seu cargo e seu Tribunal, parece até que não faz mais parte da conduta do novo STF, que tem sido denegrido pala imagem dos seus próprios componentes, exceto a atual presidente, ministra Rosa Weber, pela sua postura altaneira. Isso é um fato triste.





Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista








































































18 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page