top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Nem tudo que verdeja é árvore e nem que cai do céu é chuva








Novo governo velhas práticas 25/02/2023




Continuando na tese de que nem sempre o que nos aparece é exatamente aquilo que imaginamos, essa fase exageradamente inconsistente quando se busca como nos velhos tempos a imposição pela fúria, pelo predomínio da força e a superioridade numérica dos exércitos mais qualificados e treinados, estamos retornando aos tempos das mentiras grotescas e estapafúrdias, quando os seres humanos eram derrotados até mesmo invencionice popular, sem réplica nem tréplica.



O ser humano tão cruel com ele próprio que nem mesmo os mais reconhecidos filósofos e profetas dentre eles, os nossos mais conhecidos, Sócrates, Platão e Aristóteles, além de Jesus Cristo, o suprassumo da astuta vida pródiga em defesa da raça humana, tendo até aceito abreviar a própria vida em sacrifício das nossas, em uma atitude diametralmente opostas aos nossos comportamentos já que negamos até mesmo sua presença entre nós.



Nem mesmo aquela menina de seus treze anos, Maria, mãe de Jesus, foi poupada da ira da raça humana, sua história lhe valeu, à época, muitas histórias vilipendiosas, tratando-a de mau caráter, adúltera, quando sua salvação foi a presença do José em sua vida, mesmo que antes estivesse casado e com filhos anteriores, esse fato foi motivo de críticas insanas aquela família que simplesmente foi escolhida para a divisão da história humana em determinado tempo.



Claro que a história narrada pela Bíblia tem suas discrepâncias e disparates, tudo isso ocorre por conta das traduções e sua distante presença entre nós, os mais crédulos acreditam e vão acreditar sempre na historicidade da coerência, da prevalência do belo e da moral, sem, jamais, se curvar ao grupo dos talvez, da pluralidade dos percalços, da iminente falta de caráter das pessoas que buscam sobrevir à sombra do sucesso alheio.



O momento é de temeridade, o homem perdeu o respeito pela sua moralidade, seu cabedal cultural e o medo ao seu próprio Deus, quando não o tem negado de corpo e alma. Agora coloco a bola no chão e me refiro absolutamente aos venais que tentam subjugar os mais humildes e pobres, é o caso específico da Rússia, com sua mania de grandeza e império dos tempos passados, fez da Ucrânia seu inimigo maior para retomar território de forma ilegal e leviana.




Ontem fez um ano da invasão da Ucrânia pela Rússia, o planeta terra, por essa atitude dantesca, tem levado sobressaltos nas diversas regiões do planeta terra, objetivamente nos países controlados pela sensatez e a sensibilidade humana, dando-nos a certeza que a Europa e os EUA reunidos na OTAN (28 países) que é obvio ululante que vai vicejar o amor e a paz que o mundo espera, não o amor e a paz dilacerados preconizados pela esquerda brasileira dilacerante.



Mais estupefaciente é a certeza do mimetismo existente nos seres humanos determinados pelo sentimento do pluralismo ideológico, castrando toda e qualquer capacidade humana de comungar com seus pares a necessidade de defender a causa humana, prioritariamente os que nos cercam, como parentes mais diretos e amigos. Nem tudo é que imaginamos e o que querermos. Isso é um fato.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista












































7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page