top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Não precisamos de nepotismo muito menos de despotismo







Novo governo velhas práticas 07/01/2023



Quem reclamava da exacerbada política de nepotismo praticada pelo presidente anterior, Jair Bolsonaro, vai ter que suportar a face mais cruel do atual governo que é seu despotismo soberbo e sua raivosa vingança acumulada no tempo que ele, Lula da Silva, teve que ficar preso por conta das suas condenações em várias escalas do Judiciário e descondenado de forma inexplicável por ministros que foram elevados a essa condição em período anterior, nos governos Lulopetistas.



Não vamos ficar discutindo o sexo dos anjos, do leite derramado, da morte da bezerra, do dinheiro desviado e dos bilhões devolvidos, simplesmente é inquestionável a berlinda em que nos meteram e não temos a quem recorrer se as autoridades competentes para resolver essa questão fazem parte do processo que nem mesmo sabemos se foi legal ou ilegal, temos apenas a certeza que se trata de uma situação amoral.



Nunca, em tempo algum, um presidente de uma República Democrática, depois de eleito, foi tão rejeitado pela população como o que vem ocorrendo com o atual presidente, Lula da Silva. Sendo vaiado em suas andanças, até mesmo sua presença no velório do nosso maior ídolo do futebol, Edson Arantes do Nascimento (Pele) ele foi vergonhosamente vaiado pela multidão ali presente, com frases humilhantes como: “Lula ladrão, seu lugar é na prisão”.



Com todo respeito aos eleitores que votaram nessa figura tão desprezível e desprezada em nosso país, mas tê-lo como nosso representante maior é vergonhoso para qualquer cidadão brasileiro, seu passado lhe condena e seu presente é permeado de certezas que ele fará a mesma gestão de erros e desmandos sem o menor constrangimento, basta observar seus discursos e seu posicionamento junto ao público para se certificar da sua conduta mafiosa.



Considerando o quadro de assessores escolhidos pelo atual presidente, na sua maioria, comprometida com a justiça, reponde processos, sendo acusada de crimes contra a economia e a administração pública, ante essa questão não podemos olvidar que a repetição de erros passados é bem mais certa que a abstinência dessas práticas executadas, principalmente por quem já fizera no exercício de algum cargo, mormente o próprio presidente, Lula da Silva.



Fica mais difícil é acreditar em assessores de um governo que parecem mais vaquinhas de presépio, estando na posição de ministro apenas para fazer número, ocupando espaço em troca de favores eleitorais, cuja capacidade é questionada e questionado a todo momento, caso específico do ministro da fazendo, Fernando Hadadd, passando por um biscuit a enfeitar uma penteadeira qualquer, sendo desmerecido em seu primeiro gesto no cargo, pelo presidente.


Além desse fato lamentável, tivemos outras situações de constrangimentos, quando o chefe da Casa Civil desautoriza qualquer ministro fazer comentários ou tomada de posição antes do seu crivo e anuência do presidente Lula da Silva, em clarividência que detentor de cargo no governo Lula é apenas para representar um papel de pura formalidade, sem nenhuma pertinência maior, na área econômica fica patente o grande entrave com quatro ministérios a se digladiarem.



A reunião geral, de 04 horas, com todos os ministros e o presidente, foi no mínimo metafórica, para os ministros, sem nenhuma validação de conteúdo, uma verdadeira amostragem do que não se deve ser um colegiado, ou um corpo de colaboradores, principalmente composto de auxiliares competentes e de cabal responsabilidade não é o que se nota nessa equipe formada sem a necessária acuidade por parte de quem fez a devida seleção.



Lamento fazer essa avaliação, até precocemente, gostaria de ter esperado mais um pouco, entretanto a falta de coesão e de discernimento da equipe é tão evidente que fica difícil segurar nosso sentimento para com a situação tão esdrúxula. Em toda minha vida nunca tinha visto uma equipe de governo tão mal e escolhida e conduzida, parece até neófitos e ou recrutas tentando se apresentarem como verdadeiros conhecedores das causas. Isso é um fato desagradável.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista

























1 visualização0 comentário

コメント


bottom of page