top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Não podemos alimentar sonhos de megalomaníacos e portador de mitomania











Novo governo velhas práticas 27/04/2023




O Brasil precisa urgentemente mudar a forma de aprovar candidatos a cargos eletivos, nos três níveis, municipais, estaduais e federal. Se temos concursos para que qualquer servidor público ocupe um cargo na administração, se faz necessário que alguém para ocupar alguma função no Estado, passe por um teste de capacidade física e mental, a capacidade física ela é imperiosa, pois a pessoa vai tratar de assuntos sérios dentro da estrutura do governo.



Indo direto a esfera federal que é o assunto desse texto, temos dois casos sequenciados nos levando a esse pensamento restritivo, pois tanto o ex-presidente Jair Bolsonaro, como o atual presidente Lula da Silva, ambos demonstram no mínimo déficit comportamental, Bolsonaro por sua incapacidade de valorizar a vida e as coisas relacionadas ao mundo científico; presidente Lula é incapaz de fazer uma sentença que não seja formada com mentiras deslavadas.



O Bolsonaro conseguiu fazer um governo baseado em suposições, dentro de um achismo vergonhoso, prejudicando sua administração por acreditar em opiniões rasas, comprometendo toda uma campanha de vacinação na pandemia do Coronavírus; até hoje ele é atacado pelos seus rivais e tentam condená-lo em qualquer CPI que possa vir a ser montada, a recorrência vem sempre em busca daquele que foi considerado um negativista formal, e ou genocida.



A campanha dentro do Congresso Nacional, nos últimos dias, está voltada para a formação da CPMI, com quem ficará a presidência da Comissão e consequentemente, por ser por indicação do próprio presidente, a relatoria. Seguindo a ritualística e o entendimento dos procedimentos internos esses dois principais cargos devem recair ao maior grupo formado, no caso, da Câmara, que será administrado pelo grupo pertencente ao presidente da Casa, Arthur Lira.





O que nos leva pensar em situação desastrosa é que as preferências estão recaindo aos três primeiros cargos da CPI anterior, do Senado Federal, senadores: Omar Aziz, Randolfe Rodrigues e Renan Calheiros, verdadeiros sepultadores da própria CPI, por extremo radicalismo, voltado contra o governo da época, Jair Bolsonaro. Não acredito no sucesso do Renan Calheiros, pois ele rivaliza com o Artur Lira nos seus Estados de origem, Alagoas.



De qualquer forma temos que ficar atentos, pois sendo Arthur Lira um aliado de primeira hora, de qualquer situação, sem considerar fragmentos de ideologias, sendo ele o líder maior do Centrão, o governo Lula praticamente terá maioria contra uma oposição esfacelada, desunida e sem nenhuma noção de risco. É de se imaginar que a CPMI já começa viciada com sérias possibilidades de inverteram todas as possibilidades de investigações contra o atual governo.



Essa CPMI deverá tomar todos os espaços no Congresso Nacional ficando as outras CPIs em segundo plano, inclusive a da fake News, com características deturpadores, pois ela não será tão simples por tratar de liberdade de expressão, inclusive para os próprios congressistas. Temos a CPI das Lojas Americanas e do Futebol, casos que não merecem muita atenção, no momento, pois há órgãos para resolverem essas pendengas. Isso é um fato verdadeiro.






Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista
























































6 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page