top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Maria de todas as Santas

Atualizado: 1 de jan. de 2019


O Brasil esperou por um século, para em companhia de um Papa Argentino, Francisco, foi parceiro na consagração da Santa Maria de Fátima, numa participação de um pequeno jovem cujo milagre se deu para que a Santificação de Fátima fosse realmente confirmada, depois de uma história de 100 anos e o relato de tantas coisas lindas para o registro dessas duas nações vividas num país distante do nosso continente, preciso foi que a mão de Deus interviesse de forma absolutamente inocente e cristalina.


Firmasse em nossos corações a Bendita sorte de sermos hoje duas Nações conscientes o bastante para continuarmos sendo independentes nas nossas atividades e serenidades, com os méritos de todos os senhores feudais, assim já fomos conhecidos em séculos passados, somos hoje reconhecidos pelos nossos valores e pela nossa garra independentemente de outras riquezas as quais tentaram nos atrelar para justificar tudo que somos.


Enquanto a humanidade segue freneticamente sua caminhada em direção ao tudo ou nada, cada um com suas crenças e razões de fé muitas Nações seguem em disparada ao caminho da guilhotina tentando se firmar há bastante tempo em busca de afirmações e dentre elas as mais constrangedoras possíveis, não bastando seu desgaste e sua notória força de vontade em busca dos seus intentos.


Quando tudo é possível, para se buscar sua glória e seu desejo reconhecido, desde que amanhã todo seu esforço seja reconduzido juntamente com seus sonhos às profecias de tantos anos seja efetivamente consagrado nos sonhos puros de tantos corações que sofreram por tantas tentativas de uma Nação de glórias e em busca de Deus.


Fui longamente encorajado a reconhecer todos esses fenômenos, que passaram em minha vida, cujo sentido maior era a busca da loucura em Deus, não em qualquer deus, mas o Deus que me trouxesse mais temperança e consentimento da devoção desde que me fizesse feliz pelo simples prazer de ser feliz, por isso mesmo, fui fiel ao meu Deus, continuei firme no meu caminho e no meu trabalho de luta e fidelidade aos meus princípios cristãos e éticos, para isso foi determinante minha lucidez e caráter sem me corromper diante de tantas oferendas milagrosas, jamais acreditei na farta luz que vem do fundo do poço sem uma justificativa lúcida e convincente.


Assim passei a valorizar mais minha consciência e meu desejo de ver as coisas dentro de um contexto equilibrado nada que possa me tirar da serenidade, depois desse exemplo de 100 anos de todas as Marias só tenho a agradecer minha coerência de não me desgarrar por caminhos nunca dantes percorridos. Sou um brasileiro de caminhos humildes sem grandes desejos, com a esperança que minhas preces sejam atendidas na nossa luta.



Genival Torres Dantas

Poeta e Escritor

genivaldantas.com.br





8 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page