top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Há um clima persecutório na sociedade como um todo








Novo governo velhas práticas 05/06/2023



Depois do surgimento da internet e esse mundo digital, principalmente a classe política tem se sentido ameaçada com a participação da influência do virtual que tem entrado em nossas vidas de modo assustador, praticamente estamos sendo tangidos em direção os números que passamos ser, com nossas vidas expostas de maneira absolutamente insegura, tudo que nos pertence virou nuvens e o que era real praticamente se transformou em dados em um aparelho.



Nossos amigos, livros, leis, confiabilidade nas tratativas agora pertencem ao empírico, até mesmo nossa moeda e o dinheiro em espécie fica alojado dentro das máquinas e você não sente mais a textura do metal ou do papel, quando você sentia a firmeza do dinheiro em suas mãos e a certeza que você estava levando o dinheiro ganho pelo trabalho prestado ou um produto vendido para a segurança da sua casa, hoje nem isso existe, em qualquer celular você aloja toda sua fortuna.



Na política a situação é mais problemática, além do advento das tecnologias de ponta, com a dificuldade de se controlar os meios de comunicação virtual, a visível vida exposta, tanto no particular como no profissional, os Poderes praticamente se fundiram, tanto é que há uma celeuma generalizada, com o Judiciário praticamente legislando e o Legislativo tentando alternativas funcionais, ficando o Executivo dependente das ações de governabilidade dos dois Poderes.



Em outras palavras, parece até uma situação escatológica, quando nada funciona na sua normalidade, ninguém se entende, uma bizarrice, todos querendo mandar em todos e ninguém manda, apenas o Judiciário tem se imposto pela tradição de ser a última palavra a ser respeitada, entretanto, esse fato tem levado ao descalabro na organização do Estado brasileiro pela absoluta falta e modéstia e espírito público. Essa situação nos leva, definitivamente ao fundo do poço.






O Governo Federal, na tentativa de gerar um pouco de governabilidade, tenta mirar o campo, estabelece o embargo de áreas desmatadas, cria o Selo Amazônia, procurando, dessa forma, mostrar seu apoio a sua ministra do Meio Ambiente, ele que vinha em verdadeiro desprestígio, tendo seu Ministério sido desidratado, com alguns poderes desviados para outros Ministérios, considero essa área, do meio ambiente um verdadeiro fio decapado.



Enquanto o presidente, Lula da Silva, tenta se acertar com seus auxiliares, temos uma situação paralela intrigante, o Agronegócio, que significa o setor positivo em toda nossa economia, esse mesmo setor é desprezado, até mesmo diminuído pelo atual governo com apoio explícito ao MST, tornando o nosso campo, verdadeiramente minado, sem uma solução pacífica tenho certeza que o governo não chegará a nenhum lugar alvissareiro. Isso é um fato desastroso.






Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista




























































5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page