top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Governo Bolsonaro a decadência em preto e branco (24/07/2021)

Atualizado: 26 de jul. de 2021


O Fato Sem Politicagem 24/07/2021


A semana que se encerra, para os mais próximos de mim, sabe que foi inusitada, saí da minha rotina, mas por uma causa justa, estive fora do meu habitat e fui até Brasília em visita a minha filha, genro e meu primeiro neto, que nascera sete dias antes. Aproveitei minha ausência de casa e nada escrevi, fui lendo o que era possível para poder textualizar posterior posteriormente, era um momento único na minha vida, à presença de um neto é a luz que se acende em nosso entorno.


Por questões particulares tive que abreviar a viagem e retornar mais cedo deixando para trás a possibilidade de comemorar amanhã (25/07) o dia dos avós, em família, aproveito a oportunidade para felicitar essa classe da qual já faço parte, honrosamente. Quero crer que nova data terá para comemorar em conjunto, com a facilidade de imagens presencialmente, já não temos a necessidade premente de estarmos em determinados momentos, a vida é feita de escolhas.


Até agora me prendi ao assunto tão memorável que é felicidade e vida, binome que nos remete a nossa existência plena nesse planeta que temos convivido, ultimamente, com a presença da morte, nos fazendo crer que temos que ser mais espiritualistas que materialistas; essa tal de pandemia colocou o humano numa saia justa, porém necessária, para que ele, maioria absoluta, desça do seu pedestal, imaginário, o volte a sentir o cheiro da terra molhada ou seca.


Como estive em Brasília nada melhor que fazermos uma reflexão desse momento tão indigesto para a maioria dos brasileiros, quando as mentiras dentro da sociedade vêm se constituindo em verdadeiros escudos para tentarem ganhar a guerra dos Poderes, mesmo que para tanto seja necessário imiscuir-se em assuntos nada concernentes ao seu espaço e tempo, situação esdrúxula vivida nos últimos tempos nos principais canais de comunicação entre Poderes.


Dois assuntos diferentes, mas que há uma convergência política inequívoca. O caso da deputada federal, Joice Hosselmann (PSL/SP), que apareceu machucada depois de algum tempo, com ferimentos sérios, além de ossos quebrados, acredito que seja um caso que deva ser averiguado por, além da Polícia Civil, em andamento, a Polícia Federal e os serviços secretos que existem dentro das repartições policiais, independente da política, trata-se de uma Deputada Federal.


O caso da Joice é grave, trata-se de uma política no mínimo polêmica, portanto ela é passível de violência de inimigos pela sua forma, até agressiva, com as palavras e ideias, mormente por ser uma representante do povo que teve brigas homéricas com o presidente Bolsonaro. Ainda, sendo Bolsonaro uma pessoa marcada pela sua conduta explosiva alguém pode até achar que ele esteja por trás desse fato raro: alguém ser agredido e nada se lembrar do ocorrido.


Outra situação bem centrada em Brasília é o tema voltado para o voto eletrônico e sua credibilidade, se junta a esse fato uma situação curiosa, a possível ameaça do general Braga Neto, Casa Civil, dirigida ao presidente da Câmara, Arthur Maia, intermediada por um terceiro. Em momento de paz todos ia ao primeiro momento acreditar numa fofoca de bastidores, ou fack news, a serviço da desordem entre os três Poderes e as Forças Armadas.


Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista







22 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page