top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Em termos de coisas erradas Lula é um verdadeiro saco sem fundos








O fato sem politicagem 17/06/2022



Não é de hoje que o ex-presidente e presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva tem visitado as páginas politicais dos grandes jornais em circulação do Brasil. É público e notório a capacidade de mexer com o público quando o assunto era piquete em portas de fábricas, greves e assuntos correlatos na sua época de sindicalista, em companhia de outros elementos ligados ao mundo do sindicalismo, formando verdadeiros exércitos de provocação em busca de resultados para a classe trabalhadora.


Depois que o velho Lula se embrenhou na política e de tanto falar mal das elites, que ele tanto condenava, ele simplesmente se transformou em um emérito frequentador das cozinhas dessa classe, se passando por um novo aliado, tirando proveito da situação mesmo que tivesse que delatar companheiros de luta, do sindicalismo, das vezes que fora preso sempre era conduzido junto com os policiais, dentro dos seus carros, nunca junto com demais agitadores.


Essa situação sempre foi narrada pela família do saudoso senador Romeu Toma, por muito tempo superintendente da Polícia Federal, com larga folha de serviços prestados à Nação, afora outras informações registradas na história, principalmente nos alfarrábios que a própria história não conta. Esse é o histórico da vida pregressa de um homem preguiçoso que saindo da escuridão da vida chega à condição de presidente da República sem, entretanto, esquecer seus mal feitos.


De passagem pela presidência da República, o velho viciado aos novos costumes que o Poder e o dinheiro oferecem, continua sem sua marcha agora em larga escala. Leva para o seu convívio, dentro das paredes dos palácios seus mais diletos amigos e não se esquecendo dos novos malfeitores, dessa forma ele, o velho Lula, forma uma verdadeira quadrilha de gangster que muitos anos refestelaram nos covis reservados ao submundo da política nacional.




Depois de ser apontado por vários crimes de corrupção, de corruptor a corruptor, o velho Lula aparece novamente em ação se anunciando como o mais nobre dos brasileiros, honesto e fiel, tentando enganar novamente a boa fé do brasileiro, mas o castigo sempre vem a cavalo, surge na mídia um contador, João Muniz Leite, que fora contador do velho Lula, em determinado período da sua vida, 2013/2016, que vem sendo acusado de associação com o tráfico, inclusive tendo acertado mais de 55 vezes em loterias federais, somente em 2021.


Ademais, esse contador tem escritório no mesmo endereço, Rua Cunha Gago, bairro de Pinheiros, que o filho do velho Lula, Fábio Luiz Lula da Silva, o Lulinha, mantém três empresas. É uma situação para, no mínimo, levantar suspeita de algo errado, ou tenebroso. Seguindo o caminho dos mal feitos, o Departamento Estadual de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) pediu à Justiça o sequestro dos bens do contador João Muniz Leite, tornando a situação mais suspeita.


É preciso que a Polícia faça suas apurações levando o resultado ao Judiciário para que, depois dos fatos esclarecidos, algo possa ser feito, pois é inadmissível o Brasil manter a candidatura à presidência da República de alguém com tantos indícios de crimes em sua vida. Se de fato mais esses ruídos na vida do velho Lula for confirmado se faz necessário uma atitude do STE tome uma atitude para que amanhã ele não venha a responder por crime de conivência. Isso é um fato.
















Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista









13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page