top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Em plena crise comportamental comemoramos a Páscoa ou renascimento











Novo governo velhas práticas 09/04/2023




O Brasil, assim como o planeta terra, passa por um processo de transformação, com o crescimento da Esquerda, Socialismo, porta de entrada do Comunismo e a relutância daqueles dos que carregam a bandeira da Direita, verdadeiros Democratas conservadores. Essa guerra ideológica vem acarretando consequências negativas, principalmente nós cristãos, seguidores de um único Deus, porém com grau de comportamento diferente.



Muito embora Jesus Cristo seja uma figura lendária, santificada desde seu nascimento, com uma narrativa contada inicialmente pela comunicação oral e na sequência pelos escritos mais simplistas possíveis, com inscrições até mesmo nas antigas cavernas, para que as mensagens não fossem apagadas pelas chuvas e as intempéries da natureza, chegando até nós pelo milagre da imprensa e nos dias atuais pela mídia eletrônica.



Mesmo tendo estudado em Colégio Diocesano com uma formação religiosa voltada para o cristianismo, dentro de uma família católica praticante, não foi difícil procurar entender o arcabouço central dessa religião já com dois milênios e com muitas versões destoantes e impregnadas de inverdades praticadas por aqueles que não se conforma com longevidade do pensamento filosofia de Jesus Cristo, seu criador e inspirador.



Todos nós sabemos que a Páscoa é de origem judaica e que comemorava a liberdade dos hebreus, depois do longo período de escravidão, vivido por aquele povo, no Egito. Com a mesma narrativa de libertação e esperança, depois da ressurreição de Jesus Cristo, os Cristãos passaram a comemorar essa data, implantando como símbolo maior, o Cordeiro, com o sacrifício de um exemplar, enumerando que Jesus Cristo é o cordeiro de Deus que tirou os pecados do mundo.


A Páscoa Cristã é sempre comemorada anualmente e no primeiro domingo após a lua cheia, no início da primavera (Hemisfério Norte) do outono (Hemisfério Sul). Entretanto, nem tudo sempre foi festa, durante a idade média, essa mesma igreja católica, em nome do Poder político e na crença da salvação das almas dos blasfemadores, impõe e instala a Santa Inquisição, ou Tribunal do Santo Ofício, quando as pessoas acusadas eram torturadas e queimadas nas fogueiras.


Com todas as barbáries ocorridas nesse percurso de 2 milênios, com guerras e cruzadas, além de Papas nada recomendados, por administrações calamitosas e muitos religiosos não convencionais. A igreja Católica, apesar dos pesares, vem se mantendo viva principalmente pelo que o cristianismo soube aproveitar dos ensinamentos do Jesus Cristo, ele que juntamente com outros pensadores imortais, como Platão, Sócrates e Demóstenes superaram a fúria humana.



Principalmente Jesus de Nazaré, que soube sobressair de um mundo adverso, sempre pregando em nome do amor, justiça e a caridade humana tem se mantido vivo na memória dos seus seguidores. Mesmo que a história não seja tão fiel à sua passagem pela terra, ele merece o benefício da dúvida, por toda sua história e relatos de causas perfeitamente justificáveis para alguém tido como o filho de Deus encarnado, morto e ressuscitado. Isso é um fato abençoado.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista
























































6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page