top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Dos pesadelos aos sonhos possíveis(15/01/2020)



Confúcio, pensador chinês, que viveu 470 anos antes de cristo, já falava que o homem para construir uma montanha tinha que começar carregando pequenas pedras e a virtude do homem estava no seu caráter e não no seu poder material.

Com esses dois pensamentos ele demonstrava quão bom e agradável era o homem ser honesto e trabalhador ao contrário o que hoje se usa na prática os pensadores rasos e preguiçosos que compõem a classe dos comunistas e socialistas, os mesmos que usam a teoria do menor esforço, pois acreditam que para se dá bem na vida basta ao homem tomar o que os outros têm e viver de sombra e água fresca.


É um acinte a inteligência humana outros humanos se sentirem superiores aos demais pares e usarem de prerrogativas filosóficas para surrupiarem o patrimônio alheio, construídos com muito esforço e dedicação, de um momento para outro as lesas-pátrias se acharem no direito de dividir patrimônios e resultados auferidos pelo trabalho de terceiros.

Essa picardia também é conhecida como socialismo ou pensamento comunista, ideologias usadas pelos seguidores da bazófia cretina creditada aos delinquentes dos desventurados que tenta viver da inoperância à custa do lucro fácil e sem trabalho, verdadeira ignomínia para o homem de bons costumes e boa índole.


Tivemos esse tipo de gente no comando do nosso país até pouco tempo, quando assolaparam nosso país, roubaram nosso erário, sequestraram nossas esperanças e tentaram deturpar a moral da nossa juventude e religiosidade de nossa gente, quando uma verdadeira quadrilha de malfeitores se instalou no coração do governo brasileiro e lá instalaram uma verdadeira rede de cretinos disfarçados de operadores do bem.


Faz um ano que o atual governo tenta remontar a Nação, buscando sanar as finanças do país, recuperar a indústria tão sucateada nos últimos 18 anos, dilapidada na sua moral e crédito junto à comunidade internacional, retirando da educação e saúde valores que deviam proporcionar oportunidades para um futuro melhor e saúde para vidas saudáveis.

Tudo isso foi convertido em valores subsidiados e oferecidos ao mercado empreendedor para formação de grandes campeões de sucesso empresarial, campeões que para serem contemplados bastavam participar da mesma panela de mau caráter e dividir com os oportunistas do governo os valores maquiados junto, principalmente ao BNDES, para deleite dos predadores dos cofres públicos.


Ainda bem que ainda existe na política pessoas que procuram trabalhar pelo coletivo e não para meia dúzia de apaniguados, ainda não é o que precisamos e queremos, mas é o que temos, dessa forma estamos voltando ao mundo democrático e republicano, está sendo muito difícil recolocar o país nos trilhos, havia muito aparelhamento dentro do Estado brasileiro, desde repartições, universidades, ministérios e grande parte do próprio funcionalismo público.


Muita coisa já foi recuperada, a credibilidade internacional, o próprio mercado de commodities, aos poucos os manufaturados estão sendo reintegrados ao mercado americano, europeu e asiático, existe hoje uma nova esperança no ar com a recuperação dos empregos e com os juros e inflação baixa, os investidores internacionais já nos procuram para investimentos, principalmente na nossa infraestrutura quando há uma previsão de investimentos internacionais, no setor, na ordem de R$150 Bi.


Precisamos que os demais Poderes se juntem ao Executivo, o Judiciário se volte para a sua competência que é ser guardião das Leis e não fazê-las; o Legislativo procure facilitar o trabalho do Executivo na formatação de Leis adequadas e aprovação dos projetos inerentes às demandas nacionais não tentando ser protagonista nas obras em andamentos e as que estão por vir.


Esse enquadramento político administrativo fará que o Brasil volte a ter seu papel no cenário internacional, quem sabe sendo um dos principais astros na economia mundial, assim como fomos à época do maior estadista que tivemos, no governo do imperador Dom Pedro ll, o monarca mais republicano de todos os tempos e o maior de todos os abolicionistas que já viveu no Brasil, é om sonho que pode se transformar em realidade, e que os pensamentos de Confúcio se eternizem entre nós.



Genival Torres Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page