top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Conflitos de competência instalados nos comandos









O fato sem politicagem 13/06/2022



Começando pelo cenário nacional, o que nos chama atenção, ultimamente, é o flagelo dominado no meio político e jurídico com o desacerto instalado entre os três Poderes, denotado mais acintosamente na relação Judiciário e Executivo, quando o estremecimento entre eles é de tal forma desmedida, que coloca em risco até mesmo nossa segurança jurídica e administrativa, tamanha é o vexame que esses dois Poderes têm nos reservado nos últimos tempos.


Em um dos últimos pronunciamentos do presidente do STF, ministro Luiz Fux, na tentativa de minimizar um dos muitos problemas causados pelas ações de alguns ministros daquele Poder, se referindo ao caso do Luiz Inácio Lula da Silva e a anulação formal das sentenças dadas pelo ex-juiz Sergio Moro, que não seguiram o curso normal, conforme o próprio Supremo, porém deixando claro, os crimes, efetivamente existiram, não havendo nenhum efeito de suspenção das penas cabíveis.


Já há disposição em andamento por parte de membros do STF, procurando justificar as palavras do próprio presidente da Corte, alegando o que é óbvio, os crimes cometidos, conforme o ministro Gilmar Mendes, há provas e não há como fugir delas, elucidando sua fala ele fez citação do mensalão, Lava Jato, o caso dos R$ 51 milhões encontrados em apartamento vinculado ao ex-ministro Geddel Quadros Vieira Lima, além do caso de um único gerente da Petrobrás ter devolvido aos cofres públicos a soma de US$ 98 milhões.


Mesmo que a atitude do STF tenha Caráter Legal, mesmo com os crimes nos governos Lulopetistas continuem existindo, o que há no ar é uma cobrança do povo, pela chance que deram ao ex-presidente Lula de se tornar elegível, com possibilidade real de voltar à presidência da República com seu histórico da vida pregressa e atuação na política, nada invejável, de corrupção e autor intelectual do plano de estabelecer em nossa República um regime Socialista.


Não é segredo para ninguém que o Lula de hoje é o mesmo de sempre, com sua ideia tosco e revolucionária e para atingir seu objetivo passou a divulgar seu pensamento político até mesmo com mais agressividade e prepotência nos meios de comunicação, toda oportunidade que ele tem a cantilena é a mesma, sem nem mesmo medir as consequências danosas para o nosso país, nosso povo carente de possibilidades termina acreditando em qualquer mentira deslavada,


No âmbito internacional, tivemos à semana próxima passada o encerramento da 9.ª Cúpula as Américas, sabidamente antecipada os resultados não seriam tão alvissareiros, o presidente dos EUA, Joe Biden, não é um dos mais prósperos homens de empatia dominante, com seu ranço nada palatável e por ser o anfitrião deixou de convidar países como Cuba, Venezuela e Nicarágua, provocando o boicote do México, Guatemala, Honduras, El Salvador e Bolívia, esvaziando o evento.


Sabemos que a Democracia mundial sofre um surto de esvaziamento apavorante; em termos de Países nos sobra 3 na Europa, 3 na Ásia, 1 na América do Norte e 1 na América do Sul. Apenas para lembra que o país da América do Norte é exatamente os EUA e o do Sul é o nosso Brasil. Os EUA hoje são administrados por um Partido Democrata apenas no nome, nós brasileiros temos uma eleição nos espreitando, podendo até nos levar para um socialismo brutal, inconsequente e inconveniente para as nossas convicções políticas.


Essa era uma oportunidade de ouro que os americanos tinham de voltar com supremacia nos Hemisférios Norte e Sul, dificultando o avanço dos chineses e sua volúpia política, investindo maciçamente além Ásia, pior que isso, trata-se de grande potência Comunista, capitalizada e com pretensões de desbancar definitivamente os americanos do Norte. Depois não vai adiantar chorar o tempo perdido de se superar, mormente dentro de sua casa.
















Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista









5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page