top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Com a chegado de julho dar-se-á o recesso parlamentar










Velhos vícios, trapos remendados                           03/07/2024

 

 

Nada tira o desejo de descanso dos nossos parlamentares, mesmo que suas tarefas não sejam tão cansativas, a renovação das energias é necessária, mesmo que no ano eleitoral como é esse, praticamente o segundo semestre para os congressistas seja mais visita às suas bases eleitorais, mantendo sempre viva a imagem daquele que preza pelos seus responsáveis na vida pública.

 

Esse ano não está diferente dos demais, exceto os objetivos dos respectivos presidentes das duas casas, tanto da Câmara quanto do Senado Federal, há um valor adicional nas pretensões do Arthur Lira como do Rodrigo Pacheco, 2024 representa o último ano para os atuais presidentes e a indicação de um aliado representa muito para quem quer se manter vivo, politicamente, no plano nacional.

 

Arthur Lira almeja para 2026 retornar ao Congresso de forma mais fortalecido, de preferência em uma cadeira do Senado Federal, é exatamente isso que ele objetiva, para tanto, se faz necessário que ele busque essa meta desde já, pois ele conta com um adversário pesado, no seu Estado, Alagoas, que é o senador Renan Calheiros, uma verdadeira cobra criada e tudo fará para abortar o sonho do Lira.

 

Rodrigo Pacheco, jovem senador, mesmo não sendo mineiro, adotou aquela terra para atingir seus objetivos políticos e sonha ser governador daquele Estado tão politizado e respeitado pelos demais membros federativos, contando ainda com seu significado econômico dentro da economia nacional, Minas Gerais desde sempre é respeitado pela sua hegemonia produtiva desde a época da soberania mineral.

 

O que lamento é que para perseguir seus sonhos os homens buscam qualquer acordo, desde que lhe traga os resultados pretendidos, assim sendo, o Lira já tem o apoio declarado da Direita, na pessoa do influente Jair Bolsonaro, que o apoia em qualquer circunstância, uma forma de agradecimento, pois Lira o apoiou enquanto Bolsonaro foi presidente da República, segurando todo e qualquer pedido de Impeachment.

 

Quanto ao Rodrigo Pacheco, procura costurar um acordo das dívidas dos Estados junto à Federação, dentre eles o próprio Estado de MG, que aprovando esse acordo, fatalmente o credencia a disputar o governo daquele Estado, portanto, nada mais lógico que ele use de todos os meios para que seu intento seja vencedor facilitando a longa caminhada que ele terá pela frente, contando como apoio de Lula da Silva.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista




























































5 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page