top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Caminhos de Navegantes

Navegantes/SC

Texto, poema de 2005, em homenagem a cidade de Navegantes/SC, onde morei por 12 anos, período que ainda usava o pseudônimo de Sergio kante, dentre outros, consta de uma seleção editada em 2007.




Caminhos de Navegantes


Oh! Verdes mares onde me lanço

À procura dos sonhos possíveis

Oh! Verdes matas onde me embrenho

A me esconder das vergonhas e decepções;


Onde está a terra prometida

Se o que me coube foram sete palmos

Por onde anda a colombina desejada

Que disfarçada fugiu em plena cinzas;


Onde estão os caminhos das pedras

As luzes vindas do fundo do poço

Onde está o perdão das almas penadas

O amor incondicional do sentimento eterno;


O que faço da vida sem rima

Dos versos tristes dos últimos poemas

Do amanhã de inverno da noite fria

Do futuro que chega sem esperanças.





Sergio Kante/Genival Torres Dantas

Poeta e Escritor

genivaldantasrp@gmail.com

2 visualizações0 comentário

ความคิดเห็น


bottom of page