top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

As narrativas nesse último dia 08 além de algaravia obnubilou a Democracia

 






               

Velhos vícios, trapos remendados                   09/01/2023

 

 

 

Como eu já tinha previsto, conforme texto do dia 07 passado, a tentativa de se criar uma situação conflituosa para a Direita brasileira a Esquerda simplesmente se transformou em catarse e em algaravias mal contextualizadas, foi motivo de pena ao tentar se colocar como defensora de uma Democracia mal tratada pelos golpistas da Direita.

 

O Brasil anda necessitado de brasileiros atuantes, leais aos seus princípios e que não tratem com ideologia tudo aquilo que precisa de realismo e objetividade, que cada qual assuma sua responsabilidade, não jogando para terceiros seus erros e indolências de incompetência praticadas no dia a dia daqueles que não têm coragem de lutar pelos seus objetivos e tentam tirar proveito do esforço alheio.

 

A sessão iniciada originalmente no STF e sequenciada no plenário do Congresso Nacional foi um festival de pleonasmos circunscritos por uma verdade surgida de uma linha de raciocínio como quem tangencia a semântica de tal forma que abalize seu resultado apenas pela oratória rica em detalhes, porém pobre em conteúdo, isso quando tratamos os fatos dentro do prisma  conceitual.

 

Muita gente já fez sua manifestação, achou que teve ausências de algumas personagens do meio político, jurídico até e empresarial, penso de forma diferente da maioria, o que se fez ausente foi a compostura de autoridades que tentaram usar o dia 08 de janeiro de 2023 como se fora uma marco a ser explorado politicamente, na tentativa de se capitalizar futuramente, usando com esteio a invencionice.

 

Os que ali estiveram presentes foram pessoas que tinham a mesma narrativa de 1964 quando inventaram um golpe de Estado, quando efetivamente o contragolpe empregado pelos militares foi para evitar o que se estar tentando agora, a implantação de um sistema Socialista, de caráter Comunista, alimentado pelos mesmos autores do passado, patrocinado pela Rússia, a história se repete.

 

Sentimos falta de brasileiros da envergadura moral e cívica do peso, de um Castelo Branco, e tantos outros que a pedido da família brasileira afastou de nós o cálice amargo da desesperança em 1964 e devolveram a sociedade civil o comando da Nação de um país antes em frangalhos, depois reestruturado e hoje encontra-se desencontrado, fruto da administração dos ímprobos que infestam os Três Poderes.

 

 

 



Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista

 

 

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page