top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

Antigamente um presidente da República era prócer nunca estulto










Velhos vícios, trapos remendados                 05/07/2024

 

 

Em termos de políticos, fundamentalmente, presidente da República, tanto nós como os EUA estamos bem servidos de líderes abestalhados, como na atual gestão quanto na anterior. Há uma equiparação entre Jair Bolsonaro com o Donaldo Trump, pela similaridade de comportamento social e suas intempestivas ações no exercício de suas funções, verdadeiro papel carbono.

 

Como os duas atuam na Direita extravagante há de se entender que suas práticas administrativas se assemelham pelo exímio caráter obtuso, sem nenhuma noção dos seus limites, sem ponderação nas palavras ofendendo até mesmo correligionários por não fazer diferenciação do que é sacro do profano, limitado nas suas escolhas, dessa forma construindo inimigos políticos pela estupidez entranhada.

 

A dupla de atuais presidentes dos EUA e do Brasil tem sua peculiaridade, ambos defendem a Esquerda, porém pecam por características próprias bifurcando para um só pecado o desmantelo administrativo e gerencial. O Joe Biden sofre de uma certa demência prematura, com déficit de memória, não atua mais com a desenvoltura que tinha durante toda sua carreira política.

 

Exatamente por isso ele tinha que renunciar sua candidatura a um novo mandato, não há entusiasmo nem mesmo entre seus partidários, apoiadores e financistas, encontrando-se, verdadeiramente, em uma berlinda, para um País da dimensão dos EUA é temerário ter um presidente sem sua capacidade cognitiva e neurológica, sem saber o que pode ocorrer na próxima fala dele.

 

O que acontece com o presidente Lula da Silva, é sua bazófia, sua incapacidade de admitir a presença do trabalho de um concorrente político, sem se exasperar e transmitir isso em público, afetando todo trabalho empreendido pelos seus auxiliares mais diretos que não contam com o apoio e prestígio que ele tinha com seus companheiros em idos não tão distante.

 

O maior defeito do atual presidente Lula da Silva, é ele não ter se apercebido que os tempos são outros, no início do século e do milênio sofremos uma transformação profunda, as relações entre empregados e empregador mudaram radicalmente, com o advento da internet e avanço da tecnologia científica os desejos e necessidades da sociedade se modificaram e não tem como retroceder.

 

Com a presença das câmeras o mundo ficou sem porteiras, somos vigiados diuturnamente, por onde andamos, não tem como não ficar exposto aos olhos do mundo, perdemos nossa privacidade, não tem como administrar uma empresa ou País com os olhos do passado, o ser humano já não é tão subserviente como antes, o novo homem quer ser respeitado, valorizado sem ser menoscabado.





Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista






































3 visualizações0 comentário

Комментарии


bottom of page