top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

A nêmese Lula da Silva tem dificuldade em dar exequibilidade ao seu governo






Novo governo velhas práticas 11/04/2023




Existe toda uma situação de conflitos e desordem administrativa no Governo Central do Brasil, não há consenso nas atividades praticadas pelos Ministérios, havendo conflitos ideológicos e a falta de harmonia distancia a execução das tarefas emanadas das ordens dadas pelo presidente da República, Lula da Silva, por uma questão simplória, a própria equipe do governo não acredita na praticabilidade nas ordens dadas por uma enorme distorção entre a teoria e a prática.



A dificuldade maior é entender exatamente o que, efetivamente, o governo atual tenta informar aos seus auxiliares diretos, com nítida impressão que o governo não consegue transmitir o que ele quer com o plano sem norte, uma verdadeira cobra sem cabeça, totalmente desorienta, tentando se movimentar na areia quente, no sol escaldante do meio dia, pleno solo do sertão nordestino, quando até o próprio homem tem dificuldade de raciocinar nessa hora.



Mesmo assim, o governo montou seu trem da alegria e partiu em busca de protagonismo na terra chinesa, quando fará visitas importantes, contando com uma caravana de figuras impolutas, para o seu governo, mesmo não tendo a aprovação da opinião pública, trata-se de uma equipe formada por algumas pessoas que cometeram desvios de finalidades em outros governos anteriores do próprio Lulopetismo.



Não podemos fazer juízo de valores antecipadamente, como brasileiro prefiro apostar na capacidade individual de cada componente e que possam fazer diferente trazendo resultados positivos, da terra da pele amarela, pois trata-se de um país que conseguiu sair de uma posição humilhante até 40 anos atrás, hoje consegue ser a segunda economia mundial e nosso maior parceiro comercial com reais possibilidades de novas negociações absolutamente positivas.



Claro que as tratativas comerciais não serão fáceis, afinal, trata-se de um país com a ideologia comunista e pretensões de investimentos em outros países, principalmente no agronegócio, telecomunicações e tecnologia de ponta, assuntos que colidem com nosso outro importante parceiro, EUA, esse último com longa data de parceria e troca de experiências, nessa hora é preciso muito tato para não pecar pela gula comercial.


O receio que temos é a falta de habilidade que o presidente, Lula da Silva, vem demonstrando nesse início do seu terceiro mandato. Ele tem falado mais que o necessário, pior é que tem falado sem antes pensar, quando isso ocorre poderá incorrer no risco de querer desejar bom dia ao poste da esquina, jogando por terra todo um planejamento, previamente estudado por sua equipe de apoio. Outro assunto perigoso é a mania de tentar ser mediador de assuntos que não lhe convém.



Melhor seria que o presidente, Lula da Silva, se mantivesse neutro nesse momento de delicadas conversas, deixando aos nossos diplomatas tratarem desses assuntos internos, e se fosse solicitada para reverberar sobre o caso. Vamos aguardar que o espírito do Rui Barbosa não se apresente ao Lua da Silva, muito menos do nosso negociador Barão do Rio Branco. Esse é um fato que torcemos muito.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista
























































5 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page