top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

A mentira vem grassando os caminhos dos Poderes (27/05/2021)




O Fato Sem Politicagem 27/05/2021


Para o bem da governabilidade, em tempo de crise, toda e qualquer questão vinculada aos governos é preciso que seja esclarecida, não se pode permitir que os boatos fossem tão importantes quanto à realidade dos fatos e esses devem de toda forma ser cristalinos na hora que forem levados ao conhecimento público. O governo Bolsonaro tem primado em criar notícias bombásticas por conta da sua maneira torpe de ser e até administrar o país.


São recorrentes as ações desastradas e desastrosas do Bolsonaro, não obstante sua conduta, o momento tem sido de muitas atitudes empreendidas por auxiliares e até mesmo admiradores do Bolsonarismo, alguns casos precisam ser mencionados. Vamos começar pela situação do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, depois de provocar uma situação vexatória com sua subserviência ao presidente da República enquanto governo fora dele continua o mesmo.


O famoso desfile de moto ocorrido no Rio de Janeiro, com direito até o comício improvisado com a presença do Bolsonaro, o general Pazuello lhe fez companhia, no palanque. Esse fato levou o general a ser censurado e seu comportamento está com o comandante do Exército, ele, o Pazuello é militar da ativa, conforme o regimento interno daquela corporação esse tipo de atitude é inaceitável, seu gesto foi interpretado como manifestação política em público.


Essa situação foi condenada pela oposição e por alguns oficiais do próprio Exército, incluindo dentre eles o próprio general Mourão, atual vice-presidente da República, esse caso implica diretamente no retorno de Pazuello que foi reconvocados para se esclarecer na CPI do Coronavírus, também pelo fato dele ter defendido junto aquela comissão, o uso da máscara, e ele se mantivera sem esse requisito enquanto esteve perfilado no palanque junto ao Bolsonaro.


Outro caso que precisa ser bem esclarecida, dentro do governo Bolsonaro, é a participação do seu ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em um possível envolvimento em corrupção na exportação de madeira originária da Amazônia. Esse já foi levantado pela PF, com envolvimento do STF, o ministro Alexandre de Morais pediu esclarecimentos, abrindo a Operação Akuanduba, mandando afastar o presidente do IBAMA, Eduardo Bim.


Para piorar o quadro no Ministério do Meio Ambiente, o Procurador-Geral da República, Augusto Aras tentou afastar o ministro Alexandre de Morais, do caso, com recusa do mesmo e feito apelação ao presidente da Corte. Sequenciando a barafunda a PF apoiando índios no Norte, tentam expulsar alguns garimpeiros clandestinos de reserva indígena quando o resultado foi de verdadeira guerra local com queima, pelos invasores, de casas e pertences dos indígenas.


O Brasil precisa desobstruir o caminho da paz entre a sociedade civil, com a participação de todos, temos uma eleição para o próximo ano e o que percebemos é essa falta de equilíbrio no meio político, colocando o povo brasileiro em apuras quando devia ser o contrário, é preciso que o momento seja pontilhado com coerência e espírito de solidariedade, afinal temos um inimigo comum que é o Coronavírus, esse precisa ser combatido com todas as armas e energias necessárias.


Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista







16 visualizações1 comentário

1 comentário


Membro desconhecido
27 de mai. de 2021

E

Meu. Amigo. Você. Falou. tudo. Mas. Nós. Brasileiro. Precisamos. de. Mais. Educação.

Curtir
bottom of page