top of page
Buscar
  • Foto do escritorGenival Dantas

A cassação do deputado Deltan Dallagnol era favas contadas








Novo governo velhas práticas 17/05/2023



Definitivamente, entramos no regime de exceção, nada mais segura a mudança de rumo do nosso sistema administrativo com a nova narrativa, imposta pela esquerda mordaz e petulante, com o retorno do PT (Partido dos Trabalhadores) ao comando do governo central, com apoio conveniente, ao novo governo, da maioria dos componentes do STF, era de se esperar que a vingança dos revoltosos extremistas da esquerda não ia demorar.



O presidente eleito, Lula da Silva, ainda não se convenceu que a eleição é água passada, ele foi o vitorioso e é preciso que ele desça do palanque, ainda não desarmado, e procure de alguma forma montar uma plataforma administrativa e tente administra o Brasil, se não com competência, pelo menos com a seriedade que a Nação merece daqueles que se dispõem a trabalhar pelo país, totalmente ausente de qualquer noção de gerenciamento, o que lamentamos.




O que mais nos deixa pasmos é essa situação caótica em que nos encontramos, sem qualquer projeto nem mesmo de iniciativos dos auxiliares diretos do presidente Lula da Silva, que finge ser um presidente de reputação internacional, e isso o leva até outros países como quem tem a moral e a credibilidade de um estadista de renome internacional, quando, efetivamente, estamos passando vergonha nas suas andanças pregando uma paz quando ele tem levado a própria guerra.



O presidente Lula da Silva, precisa se recolher na sua insignificância como mensageiro da paz, ele já teve seu momento, hoje é entorpecimento junto à comunidade internacional, por seu passado de crimes condenados e encarcerado pelas suas façanhas criminosas enquanto presidente da República, em mandatos anteriores, cuja nódoa os brasileiros de caráter jamais irão esquecer por muitos séculos, é preciso que esse senhor dessa desse pedestal falso.



Enquanto o Brasil assiste estarrecido a mediocridade de uma gestão maligna aos nossos irmãos, o farsante, que se diz democrata, faz turismo com o dinheiro público, mostrando ao mundo como vive os Hipócrates administradores de uma Nação de terceiro mundo, com a exorbitância dos gastos incontroláveis para ziguezaguear com sua trupe de elementos iguais a ele, seu líder maior.

Pessoa que passa por um momento de desequilíbrio mental e psicológico e deve ser contido.



Sabemos que se nada for feito a situação vai piorar, a quadrilha que se identifica como vingadores, palavra do ministro da Justiça, do próprio governo, não tem limites, ontem foi o Dallagnol, amanhã certamente será o senador Sérgio Moro, até mesmo anunciado pelo próprio vingador mor, presidente Lula da Silva, só irá descansar quando ferrar (?????????) o senador referendado por ele, em um país sério esse presidente não tinha sido nem mesmo eleito.


Não temos solução, o Congresso que seria o contraponto faz parceria com o Executivo, e esse último em verdadeiro ato de desrespeito ao eleito brasileiro, faz aporte de capital junto aos congressistas nada republicanos e compra com migalhas votos dos venais, para ter governabilidade e sustentação até que a moralidade venha à tona e esse mar de lama seja definitivamente levado para as profundezas dos mares da indecência.



Estamos sendo tragados por uma onda de insensatez, até mesmo, grupos formados por elementos sem nenhuma formalidade, tipo MST, hoje opina e dar pitaco na administração federal, levando sua bandeira de incongruência, deixando claro que o quinhão alcançado é muito pouco para seus sonhos mirabolantes, as terras invadidas serão aumentas, o seu preço é muito alto e a cobrança é real, absolutamente real, sem meias palavras ou meios termos. Esse é o fato de hoje.




Genival Dantas

Poeta, Escritor e Jornalista




















































6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page